Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Partebilhas

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

Cães muito perigosos

Cão besta.jpg

Segundo as notícias publicadas recentemente, em Portugal houve mais de 400 pessoas atacadas nas ruas por cães em 2016 e só nestes 4 meses de 2017 foram já registados pela Polícia mais de 100 ataques.

O Partido pelos Animais que tem representação na Assembleia da República e que diversas vezes tem defendido a abolição dos espectáculos tauromáquicos – portanto a extinção das ganadarias de raça brava – e que tem apresentado ideias bizarras, tais como se considerar o cão e o gato como um “terceiro tipo de pessoa”; a inclusão de animais de estimação no agregado familiar; a proibição de inseminação artificial; a extinção de raças puras, proibição de animais nos circos, etc., ainda não se pronunciou na defesa das pessoas que foram mordidas pelos cães.

Se bem que o Partido pelos Animais, assim denominado em 2009 o que poderia parecer mal a muitas pessoas, resolveu mudar de nome e acrescentar que também é das Pessoas e da Natureza, o que só lhe fica bem, se defender também as Pessoas e a Natureza.

Porém, e para já, ainda não se fez ouvir no sentido de se açaimar os 500 cães que morderam as Pessoas neste último ano e meio nem manifestaram publicamente o interesse em saber se essas Pessoas recuperaram dos ferimentos.

Não se deve esquecer as Pessoas!

ganadaria brava.jpg

 

 

Dia do Livro

 

Livros.JPG

A 23 de Abril celebra-se o Dia Mundial do Livro e da importância da leitura.

Para os anti-taurinos a divulgação dos livros tauromáquicos são um obstáculo para os que desejam o extermínio do toiro de lide e da ganadaria do bravo.

Para os aficionados são esses mesmos livros um complemento da sua cultura e o registo e análise de uma arte que defendem.

Livro.jpg

Um excelente livro de Fernando Sommer d’Andrade editado por Quetzal Editores em 1991

 

 

 

 

Parar, Templar e Mandar...

Imagem.jpg

O toureio moderno e carregar a sorte

 

“No plano ético, o enfrentamento de um homem com o touro só se justifica se esse enfrentamento corresponder a um combate leal, em que a exposição do toureiro seja máxima, onde o risco seja máximo, as vantagens do touro sejam inequívocas, para daí partir para a superação e a submissão do seu oponente.”

 

David Leandro

"Toureio moderno e carregar a sorte"

Revista “Novo Burladero” – Abril 2017

 

 

O número de jornais, revistas e livros sobre temas taurinos reflecte o interesse dos aficionados sobre a tauromaquia em cada país.

A revista “Novo Burladero” que tem sido publicada com regularidade mensal ao longo dos anos é um baluarte na defesa da Festa. É importante, muito importante, que os aficionados o reconheçam e que as vendas sejam aumentadas demonstrando um vasto apoio dos aficionados à tauromaquia.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D