Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Partebilhas

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

Sobre João Patinhas (12)

Laçamento do Livro João Patinhas - Um Forcado.pn

 

Do livro “João Patinhas – Um Forcado”

“A particularidade deste livro é a de ser o primeiro em todo o mundo sobre a figura de um forcado e o desejo de deixar mais um registo de um tema que é um símbolo nacional e que está muito relacionado com o Alentejo e as suas tradições: a PEGA que em Évora é vista na sua praça de toiros em silêncio, o tal silêncio que deve envolver o cite, o momento tão grande de um tempo tão curto desta arte bem portuguesa de pegar toiros e que João Patinhas tão bem dignificou.” – 1ª. edição

“João Patinhas envergou com dignidade as jaquetas de três dos principais grupos de forcados amadores: de Santarém, de Montemor-o-Novo e de Évora e à Câmara Municipal de Santarém se deve a iniciativa desta 2ª. edição, por o seu Presidente, Dr. Francisco Moita Flores, se ter interessado na sua divulgação no Dia de Portugal, que neste ano de 2009 tem as suas comemorações nesta cidade que é a capital do Ribatejo.

Ribatejo que está habituado ver os seus jovens bater as palmas aos toiros, que sabe que a pega é um símbolo nacional e que esta nos distingue das outras tauromaquias.” – 2ª edição

 

Nas minhas palavras de agradecimento no livro João Patinhas – Um Forcado

1ª. Edição: Novembro de 2008

2ª. Edição: Maio de 2009

 

 

 

Nas Fotos:

  • Aquando do lançamento da 1ª. edição do livro “João Patinhas – Um Forcado” em Dezembro de 2008 – João António Nunes Patinhas, Manuel Peralta Godinho e Cunha e João Pedro Murteira Rosado.
  • 2ª. edição do livro “João Patinhas – Um Forcado”

 

Nota explicativa: Quando se aproximava o 45º. Aniversário do Grupo de Forcados Amadores de Évora, conversei com o cabo João Pedro Rosado sobre a ideia de se fazer um livro sobre João Patinhas cuja presença nas arenas tinha sido de 34 anos, dos quais 26 a comandar o Grupo de Évora. Imediatamente João Pedro Rosado concordou com a ideia e falámos depois com João Patinhas para lhe perguntar se concordava e autorizava. João Patinhas ficou admirado e naturalmente consentiu que se avançasse com o projecto. Fez-se uma edição de 400 exemplares que se esgotaram rapidamente.

Em Abril de 2009 o Dr. Francisco Moita Flores – Presidente da Câmara Municipal de Santarém – conversou com João Patinhas com o objectivo de fazer uma encomenda de 200 livros que desejava adquirir para a Câmara poder oferecer aos embaixadores dos países representados no nosso país e a outras personalidades porque o Dia de Portugal seria comemorado nesse ano na cidade de Santarém. Assim e para se poder fazer esse fornecimento a Associação de Forcados Amadores de Évora resolveu fazer a 2ª. edição de 400 exemplares.

Livro João Patinhas - a segunda edição.jpg

 

Sobre João Patinhas (11)

Concurso de Ganadarias - 1974.jpg

Palavras de Nuno Cabral – antigo forcado do Grupo de Forcados Amadores de Évora :

“Seguido de um minuto de silêncio em homenagem ao falecido António Maltez, começou a corrida.

O primeiro toiro que coube ao Grupo de Évora foi pegado por João Patinhas, que brindou no meio da arena em memória do grande amigo e forcado António Maltez.

Citando de mais de meia praça, executou com galhardia e arte uma grande e rija pega.

O segundo foi pegado pelo José Manuel Navalhinhas e o terceiro por Lela Brito.

Rabejei três.

O prémio de bravura coube ao ganadero David Ribeiro Telles e o de apresentação ao Engº. Joaquim Grave.”

 

Testemunho relacionado com a corrida Concurso de Ganadarias de 26 de Maio de 1974 - no livro 40 Anos do Grupo de Forcados Amadores de Évora

1ª. Edição: Novembro de 2008

 

------

 

Na Foto: O cabo João Patinhas brindando à memória de António Maltez.

 

Sobre João Patinhas (10)

Concurso de Ganadarias de 1975.jpg

Palavras de António Mexia de Almeida – antigo forcado dos Grupos de Évora e de Santarém:

“O jantar foi no Monte das Flores. Jantámos com o Grupo de Montemor. Esteve tudo animado. Houve discursos dos bons e à antiga. O António José Zuzarte disse que ficava mais um ano a comandar o Grupo. No final falou o João Patinhas, botando um discurso que eu nunca mais esquecerei.”

 

Testemunho relacionado com a corrida Concurso de Ganadarias de 18 de Maio de 1975 - no livro 40 Anos do Grupo de Forcados Amadores de Évora

1ª. Edição: Novembro de 2008

 

------

 

 Na Foto: Os Grupos de Forcados Amadores de Montemor e de Évora comandados por António José Zuzarte e João Nunes Patinhas.

 

Nessa corrida 17º.Concurso de Ganadarias o prémio de bravura foi ganho pelo toiro “Bailarino” da ganadaria de Dom João de Noronha (divisa encarnado e azul).

Pelo Grupo de Forcados Amadores de Montemor pegaram de caras os forcados João Marujo Caixinha, Baltazar Abelha de Matos e Francisco Chaveiro.

Pelo Grupo de Forcados Amadores de Évora pegaram de caras os forcados João Nunes Patinhas, Francisco Flores e João Saragoça.

 

 

 

Sobre João Patinhas (9)

Praça México 7.03.1976 - Pega P.LouceiroII.jpg

Palavras de Pedro Louceiro II – forcado amador mexicano:

“Quando em 1976 veio o Sr. João Patinhas para que um Grupo de Forcados se apresentasse pela primeira vez na Praça de Toiros Monumental do México, com capacidade para 55.000 pessoas, nem eu, nem ele, nem ninguém podia imaginar o impacto que causaria em México tal evento, onde nos apresentámos com o comunicado nas bilheteiras de “LOTAÇÃO ESGOTADA”

Sabia que quando o Cabo João estava em praça, nas corridas importantes o primeiro toiro era dele.Foi com surpresa e com uma mistura de sentimentos encontrados e inesquecíveis, que o João chegou junto de mim e me disse “o toiro é seu”. Aparte de honrado pela responsabilidade que me concedia, tinha também a possibilidade de pela primeira vez pegar um toiro toureado pelo meu pai.“Muito obrigado João!”.

Ao segundo toiro, toureado por Carlos Arruza, foi João Patinhas e saiu em ombros pela porta grande! OLÉ SENHOR FORCADO!

Hoje em dia há em México vários Grupos de Forcados e isso deve-se sem dúvida a essa apresentação inesquecível em Março de 1976, Saímos na primeira página de todos os jornais importantes de México, inclusive daqueles que não escreviam de toiros. Foi verdadeiramente impactante.

Com esta facilidade que tem para fazer amigos, ainda hoje em México se fala do João com muito respeito e muito carinho pois quem o conhece não o esquece.”

 

Parte das suas Memórias no livro João Patinhas – Um Forcado

1ª. Edição: Novembro de 2008

2ª. Edição: Maio de 2009

 

------

 

Praça México.Patinhas e Arruza.jpg

 

Foto1: Pega de Pedro Louceiro II em 7 de Março de 1976 na Praça Monumental de México, com oportuna ajuda de João Patinhas.

Reconhecem-se também Alberto Conceição, Rodolfo Rocha, Jorge Malta Vacas e Carlos Caixinha. Rabejador: Fernando Hilário.

 

Foto 2: Volta à arena de João Patinhas com o rejoneador Carlos Arruza Vásquez.

Praça completamente cheia. Em 3 de Abril de 1976 o Grupo comandado por João Patinhas realizou mais uma corrida na mesma Praça e não há memória de outro Grupo de forcados ser repetido na praça México em menos de um mês.

Caso único.

Sobre João Patinhas (8)

João Patinhas-México.Março76.jpg

Palavras de Enrique Fraga – matador de toiros, rejoneador, ganadero e grande aficionado maxicano:

“Que falta hacen taurinos como João Patinhas.

Para ser torero se tiene que ser aficionado y João de eso nos dio la muestra en su paso por este México, que el evoca tanto que todos los que lo conocíamos, toreros, empresários, ganaderos y aficionados, lo recordarenos siempre con admiración y afecto.”

 

Parte das suas Memórias no livro João Patinhas – Um Forcado

1ª. Edição: Novembro de 2008

2ª. Edição: Maio de 2009

 

------

 

Na Foto: Pega de João Patinhas na Praça de Acapulco, Gro - México em Março de 1976.

Primeira ajuda de Rodolfo Rocha.

 

Sobre João Patinhas (7)

J Patinhas-15.08.75 -Reguengos.jpg

 

Palavras de Joaquim Murteira Correia – antigo forcado amador e grande aficionado:

“O João é para mim um dos maiores “SIMBOLOS” do FORCADO AMADOR e da nossa Festa. A ela deu tudo sem nada pedir em troca, apenas e só pelo amor à arte de pegar toiros, à jaqueta que honrou, aos seus amigos, à sua cidade, ao nosso Alentejo.

De tal forma assim foi, que ao longo dos anos as cornadas foram muitas, cada vez mais graves, a todas elas venceu e superou. Infelizmente…até aquela grande cornada do toiro da vida, a mais grave e irreparável de todas, fez que a sua enorme valentia, raça e valor, mais uma vez, viessem ao de cima.”

 

Parte do seu Testemunho no livro João Patinhas – Um Forcado

1ª. Edição: Novembro de 2008

2ª. Edição: Maio de 2009

 

------

 

Na Foto: Pega de João Patinhas na Praça de Toiros de Reguengos de Monsaraz em 15 de Agosto de 1975. Primeira ajuda de Joaquim Murteira Correia

 

Sobre João Patinhas (6)

Grupo Évora-Lorca 1971.jpg

Palavras de Jacinto Alcon – taurino espanhol, empresário, apoderado e enorme aficionado:

“Sabes que hace nuchos años que nos conocemos e hicimos una amistad realmente extraordinaria y todo empezo en el primer contacto que tuvimos en la organizacion de tu grupo de forcados. Sinceramente tu grupo evorense fue el grupo que yo recuerdo actuo mas tarde en plazas españolas de 1ª. 2ª. y 3ª. Fuisteis unos autenticos fenomenos y el publico se entregaba a vosotros por el exito de vuestras extraordinarias pegas que siempre ralizabais.”

 

Parte das suas Memórias no livro João Patinhas – Um Forcado

1ª. Edição: Novembro de 2008

2ª. Edição: Maio de 2009

 

--------

 

Na Foto: “Passeillo” na Praça de Toiros de Lorca (Espanha) do Grupo de Forcados Amadores de Évora em 23 de Setembro de 1971

João Patinhas, António Maltez, Glicério Paulo, António Paula Soares, Joaquim Fernandes, Januário Sequeira, Eduardo Amado, Pedro Mesquitella, Vitorino Lopes, Fernando Coruche e Manuel Dias de Matos

 

 

Sobre João Patinhas (5)

João Patinhas 14.07.1968.jpg

 

Palavras de João Bonneville Franco – Antigo forcado dos Amadores de Évora e dos Amadores de Santarém:

“Conheci o João Patinhas quando ele ainda pegava no Grupo de Santarém, já lá vão mais de 50 anos. Era na altura um dos pilares daquele extraordinário Grupo, valente, seguro e mandão com os toiros. Sabia vê-los, sabia pegá-los (…) Na minha vida de forcado, foi com ele que aprendi tudo o que sei sobre a Pega. Foi em Évora que me fiz forcado, mas foi também em Évora que encontrei além do enorme forcado, o “Homem Verdadeiro e Bom” que se chama João António Nunes Patinhas que é meu Amigo. ”

 

Parte do seu Testemunho no livro João Patinhas – Um Forcado

1ª. Edição: Novembro de 2008

2ª. Edição: Maio de 2009

 

-----

 

Na Foto: A pega de João Patinhas na Praça de Toiros de Évora em 14 de Junho de 1968 com a primeira ajuda de João Bonneville Franco.

 

Sobre João Patinhas (4)

Cantinflas e Grupo de Montemor.jpg

 

Palavras de António José Zuzarte – Antigo cabo do Grupo de Forcados Amadores de Montemor:

“João Patinhas foi dos forcados que mais toiros pegou na sua longa carreira, demonstrando uma aficion que não o deixará nunca afastar deste “mundillo” que nos prende, como um vício, como algo que nos mantém vivos.

Nascemos e crescemos neste nosso Alentejo de vastos horizontes, e que foi, neste imenso país do Sul, onde a aficion aos toiros está bem enraizada, que vivemos e queremos acabar os nossos dias, como Homens com alma de Forcados.

Pegou muitos toiros pelos cornos, levou muitas cornadas nas praças e na Vida. Mas tendo sempre, de cabeça levantada, sido Toureiro, Alentejano e Homem forte e digno. Um OLÉ para este meu amigo e companheiro.”

 

Parte do Testemunho dos Amadores de Montemor no livro João Patinhas – Um Forcado

1ª. Edição: Novembro de 2008

2ª. Edição: Maio de 2009

 

------

 

Na Foto: O Grupo de Montemor com Cantinflas na Praça do Campo Pequeno em 10 de Setembro de 1961. Reconhecem-se na foto Rui Souto Barreiros, Miguel Capinha Alves, António José Zuzarte, Simão Nunes Comenda, Mário Moreno (Cantinflas), Francisco Pais, Joaquim José Capoulas, João Patinhas e Joaquim Zita Cortes.

Nessa corrida pegaram de caras Joaquim José Capoulas, João Patinhas e Joaquim Zita Cortes

Sobre João Patinhas (3)

J.Patinhas-15.08.1957.jpg

Palavras de Luís Freire Gameiro – Uma eterna referência na arte de pegar toiros:

 

“No Mundo dos Toiros, que é um mundo muito especial e difícil, o João com o seu carácter e a sua força interior conseguiu em 34 anos impor-se a tudo e a todos, sendo por isso presentemente considerado e respeitado tanto como HOMEM como GRANDE FORCADO que foi.”

 

Parte do Testemunho dos Amadores de Santarém no livro João Patinhas – Um Forcado

1ª. Edição: Novembro de 2008

2ª. Edição: Maio de 2009

 

-------

 

 Na Foto:

Praça das Caldas da Rainha

Pega de João Patinhas - Grupo de Forcados Amadores de Santarém -  em 15 de Agosto de 1957

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D