Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Partebilhas

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

Uma alternativa a um rejoneador de dinastia

Alternativa de G. Mendoza - 5.05.2019.png

Na foto o momento da alternativa de rejoneador Guillermo Hermoso de Mendoza na Praça de Sevilha, em 5 de Maio de 2019, concedida por seu Pai.

Não ficaria mal – e até seria de boa educação – a jovem cavaleiro descobrir-se durante esse acto. Fê-lo depois, atrasado.

Quanto ao rejoneio em si, com os rojões de castigo e colocação de bandarilhas com os toiros parados, deixa muito a desejar. Rejoneio é uma coisa e toureio a cavalo é outra. O seu Pai – Pablo Hermoso – tem conseguido e bem as duas: rejoneio lá e toureio a cavalo cá.

O jovem Guillermo já está anunciado este ano para uma corrida em Évora. Como em Portugal é diferente e mais exigente do que Espanha, vamos aguardar como se comporta numa corrida à portuguesa. Mestre tem tido.

Quem lida toiros a cavalo, será reconhecido se estiver bem em Portugal. Em Espanha podem dar piruetas, voltas e reviravoltas, muitas habilidades com os cavalos, etc. Em Portugal terão que seguir as regras da cavalaria e sem rojões de castigo para parar os toiros.

Assim tem sido e esperemos que assim continue.

 

Pela tauromaquia em carta aberta

Hélder Milheiro.jpg

“Podia ficar-me por aqui mesmo. Pelo “obrigado”, porque quando é sincero o “obrigado” e do tamanho daquele que lhe quero dizer, nem fazem falta mais palavras. O que está a mais só estraga. Fosse esta carta só para si e nela só se veria escrito “obrigado”. Peço desculpa, o obrigado que lhe quero escrever não merece a minúscula inicial. É um “Obrigado”, assim como este, maiúsculo(…)

É essa sensatez, essa resistência e dignidade que me trazem aqui hoje. Essa capacidade de ainda não ter dito “bardamerda p’ra esta gente”, e de ainda aqui estar connosco e por nós, a lutar contra quem deve, a lutar pelo que interessa. Obrigado por essa Nobreza. Obrigado a sério! Obrigado por tudo! Obrigado por estar connosco!”

Um pequeno extracto da “Carta aberta” de Duarte Palha a Hélder Milheiro – da ProToiro – publicada em Tauronews.

A ler e reler!

 

http://tauronews.com/carta-aberta-a-helder-milheiro/

 

Dificuldades empresariais

Empresa De Caras.jpg

Com a devida vénia, aqui fica um pequeníssimo extracto da entrevista concedida por Alfredo Tomás – da empresa “De caras – Tauromaquia” de Coruche – à prestigiada revista “Novo Burladero” (Maio de 2019):

“Não temos de estar preocupados com os anti-taurinos. Os que estão dentro da Festa é que vão acabar com ela! (…) Nunca alterámos um cartel, nunca mudámos um toiro…surgiram várias situações de toureiros que não alternam com determinados colegas, de toureiros que não toureiam determinados toiros, de toureiros que querem escolher os toiros…mas nós nunca cedemos a essas exigências, impusemos sempre a nossa ideia e pusemos sempre em prática a estratégia com que iniciámos esta experiência empresarial.”

Para reflexão.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D