Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Partebilhas

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

Lançamento do livro "Brinde"

 

CULTURA

Apresentação do livro “Brinde” no Évora Hotel em 20.11.2020, por Simão Nunes Comenda

Brinde -Lançamento em 20.Nov.2020.png

Foi para mim uma honra ser convidado pelo meu amigo Manuel Peralta para fazer a apresentação do seu novo livro “Brinde”.

Foi com prazer que aceitei apesar da consciência que tenho das minhas limitações como orador e da dificuldade de falar duma personalidade impar e multifacetada como é o Manuel!

Fez-se como forcado, bebendo do espírito taurino que se vivia com toda a intensidade nas Escolas de Regentes Agrícolas de Santarém e Évora que frequentou e que eram então o maior alfobre de forcados que existia.

É co-fundador do Grupo de Forcados Amadores de Évora, donde se despediu em 10 de Agosto de 1967, mas não despiu a jaqueta, envergando-a ainda hoje, porque ao longo dos anos tem mantido uma intima ligação à Festa de Touros em geral, mas muito particularmente à apologia  do forcado, a mais portuguesa manifestação da cultura taurina…Mas esta minha afirmação  prova-se primeiro pela sua obra literária já vasta , de que saliento, para além de outros, os livros “PRAÇAS DE TOIROS DE SANTARÉM – Actuações dos Grupos de Forcados no Século XX” e “JOÃO PATINHAS – Um forcado”. São obras de exaltação ao forcado, mas revelam uma nova faceta do seu autor, a sua capacidade de investigação, o seu respeito pela cronologia, a sua busca da verdade e de precisão. E prova-se ainda diariamente, no seu blogue “Partebilhas” onde mantém viva a Festa, o Forcado, a investigação sobre Grupos de Forcados, notícias e argumentação contra anti-taurinos.

Mas atenção, o blogue “Partebilhas” é mais do que isso…nele contactamos com outro Manuel, em que a sua cultura se agiganta noutras áreas, quando escreve sobre períodos ou acontecimentos da nossa História e as relaciona com a época contemporânea.

Ainda há pouco li um oportuno texto sobre a cólera-morbo, que em 1833 assolou o país durante a guerra civil e aprendi, numa sua troca de ideias com um anti-taurino,  que um dos primeiros anti-taurinos foi um cardeal do tempo do Papa Paulo IV – no século dezasseis – que em simultâneo era também, imaginem, o inquisidor-mor!

A cultura taurina tem tido os seus detractores ao longo dos tempos, mas conseguiu sempre reformular-se e renascer das cinzas…nunca foi tão atacada como hoje, atravessa tempos difíceis, mas tem entre os seus defensores um homem como o Manuel Peralta que nos oferece este BRINDE !

É um livro simpático, facilmente manuseável com a capa que homenageia os forcados através de uma foto do Grupo de Forcados de Évora que efectuam um brinde e na contra-capa uma fotografia que é uma homenagem a um grande cabo e um enorme forcado – JOSÉ MARIA CORTES !

Quanto ao seu conteúdo, que tive o gosto de ler atempadamente, é uma colectânea de textos que, ao longo dos anos de 2016 até ao início de 2020 o autor foi publicando no seu blogue “Partebilhas”…e para aguçar o vosso interesse digo-vos que tem textos muito variados, mas onde se pode ver, por exemplo, o enorme respeito do autor pelo cumprimento das regras em todo o espectáculo taurino, começando na elaboração de programas, nas cortesias…chegando a criticar Enrique Ponce por ter toureado vestido de smoking os dois últimos toiros na praça francesa de Ustress em Junho de 2016.

Encontramos também o seu pesar pelo fosso existente entre a classe política portuguesa e a Festa dos Touros, contrapondo o apoio que a Festa espanhola tem da Casa Real e de figuras importantes, como a Presidente da Comunidade de Madrid.

Mas são, no entanto, três os temas mais focados e que passo a citar:

  • Os jantares da Tertúlia Tauromáquica Eborense, mencionando os diferentes convidados – permitindo-me chamar a atenção para o jantar de 6 de Novembro de 2017, em que o convidado foi o matador de touros José Trincheira, que trouxe o velho Alentejo com toda a sua pureza e que é imperativo que se leia.
  • Dá também relevo aos jantares da Tertúlia realizados fora de Évora, como o de Almeirim na Tertúlia de João Simões e o de Montemor em casa deste vosso amigo
  • O Grupo de Forcados Amadores de Évora, o Grupo do seu coração, de que referencia efemérides como a primeira corrida do grupo em 1963 no Redondo, a primeira actuação no Campo Pequeno também em 1963 ou a corrida de São Pedro em 2018 em que se fez homenagem aos fundadores do grupo de Évora.

Ao longo dos seus textos homenageia os amigos que vão desaparecendo, mas que a palavra escrita torna imortais.

O último tema marcante em toda a obra é a consciência que Manuel Peralta foi tendo ao longo destes anos, de como evoluiu o ataque sistemático à Festa dos Touros em todo o mundo taurino. Foi um processo lento, primeiro refere algumas manifestações anti-taurinas no sul de França, depois em 2018 menciona um grupo animalista que ousa manifestar-se em Pamplona no “Sanfermin”, depois o caso da Praça de Toiros de Barcelona e finalmente em Portugal, apontando o caso da Praça da Póvoa de Varzim.

A oposição a todo este processo surge em textos importantes, como a carta aberta ao Município da Póvoa de Varzim em Julho de 2018; a carta aberta a Sérgio Sousa Pinto, então deputado do PS; a falta de cultura da Ministra baseado num texto do jornalista Henrique Monteiro, de Outubro de 2018.

E finalmente a consciência do autor, de que o cerco se aperta quando refere aos animalistas radicais…

Meus Senhores, neste momento tão difícil, que a pandemia ainda veio agravar mais, que bom ter um taurino como o Manuel Peralta, que nos trás memórias, mas que usa a palavra para lutar por aquilo que gosta e sobretudo pela sua liberdade.

Livro Brinde.png

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D