Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Partebilhas

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

Uma revista taurina

Emblema da Tertúlia Tauromáquica Eborense.png

 

No jantar da Tertúlia Tauromáquica Eborense que se realizou na Pousada dos Loios em 7 de Maio de 2018 esteve presente João Queiroz como convidado de honra e que se fez acompanhar pelo seu colaborador David Leandro

Quando se completam 40 anos sobre o aparecimento da revista Novo Burladero, foi um motivo de satisfação a Tertúlia ter à sua mesa o Director desta conceituada revista taurina.

Nunca em Portugal uma revista exclusivamente taurina teve esta longevidade e tal só acontece devido à enorme aficion, persistência e abnegação de João Queiroz que ao longo destas quatro décadas soube sempre ultrapassar as dificuldades e manter uma publicação mensal destinada a quem gosta e pretende continuar a gostar da Festa Brava

Fazendo parte da nossa cultura e profundamente enraizada nas tradições populares, esta Festa que é ibérica, tem em Portugal características próprias. Assim, enquanto uma publicação com motivos taurinos e que se edite em Espanha, terá sempre a possibilidade de ser vendida nos países da América de língua castelhana e onde se lidam toiros, como é o caso do México, Venezuela, Perú, Colômbia e Equador, uma revista taurina portuguesa tem uma penetração muito mais ténue e limitada quase exclusivamente ao pequeno território de Portugal.

Tal superioridade geográfica e com a corrida de toiros como que um seu ex-libris, permite a Espanha publicar anualmente vários livros e revistas de temas tauromáquicos, enquanto neste lado da península a literatura taurina é escassa e quase inexistente.

Por isso há que louvar todos os que no Novo Burladero colaboraram nestes 40 anos sob a orientação de João Queiroz.

Por isso foi com grande satisfação que a Tertúlia Tauromáquica Eborense teve à sua mesa este cronista que tem dedicado a sua vida à tauromaquia e que mantem com dignidade há quatro décadas o Novo Burladero.

Para ele as nossas saudações taurinas.

 

TTE com João Queiroz.JPG

Nico Mexia de Almeida, cuidador da Tertúlia Tauromáquica Eborense, com João Queiroz e David Leandro

Parar, Templar e Mandar...

Imagem.jpg

O toureio moderno e carregar a sorte

 

“No plano ético, o enfrentamento de um homem com o touro só se justifica se esse enfrentamento corresponder a um combate leal, em que a exposição do toureiro seja máxima, onde o risco seja máximo, as vantagens do touro sejam inequívocas, para daí partir para a superação e a submissão do seu oponente.”

 

David Leandro

"Toureio moderno e carregar a sorte"

Revista “Novo Burladero” – Abril 2017

 

 

O número de jornais, revistas e livros sobre temas taurinos reflecte o interesse dos aficionados sobre a tauromaquia em cada país.

A revista “Novo Burladero” que tem sido publicada com regularidade mensal ao longo dos anos é um baluarte na defesa da Festa. É importante, muito importante, que os aficionados o reconheçam e que as vendas sejam aumentadas demonstrando um vasto apoio dos aficionados à tauromaquia.

Zeca Pereira

TTE - Outubro 2016.jpg

José Jorge Pereira, que foi aluno do Instituto dos Pupilos do Exército, militar de carreira e empresário de sucesso, é um enorme aficionado, conhecido nos meios taurinos como ZECA PEREIRA.

Antigo forcado amador, foi o único que se fardou sucessivamente – e sempre com grande dignidade – nos Grupos de Montemor, Lisboa e Santarém. Aí angariou grandes amizades que se têm prolongado na sua vida.

É sempre reconhecida a sua presença nas praças de toiros e é com agrado que os aficionados o encontram em diversas reuniões taurinas, sempre defendendo a tauromaquia e preocupado com a verdade na Festa.

Pertence à Tertúlia Tauromáquica Eborense e o jantar mensal foi realizado ontem, segunda-feira 3 de Outubro de 2016, na sua casa em São Manços. Jantar onde estavam cerca de 50 convidados, não só os elementos desta Tertúlia mas também alguns dos seus amigos pessoais.

Assim, foi uma noite muito agradável com a presença de Rui Casqueiro – presidente da Direção da Tertúlia Festa Brava, da Azambuja, que fez uma detalhada informação sobre a formação da Associação das Tertúlias Tauromáquicas de Portugal.

Houve diversas intervenções e troca de ideias dos aficionados presentes neste excelente jantar taurino, com destaque para António Mexia de Almeida,Simão Nunes Comenda, Luís Miguel da Veiga, Manuel Jorge de Oliveira, David Leandro, Bernardo Salgueiro Patinhas e Marcos Lopes.

 

Pupilos do Exército.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D