Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Partebilhas

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

O conteúdo deste blogue é da responsabilidade de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA e pode ser reproduzido noutros sítios que não pertençam ao autor porque o importante é a divulgação da tauromaquia.

Tertúlia Tauromáquica Eborense – Janeiro 2020

TTE 6.01.2019.JPG

Em 4 de Setembro de 2019 completaram-se 80 anos sobre a data da Fundação do Grupo de Forcados Amadores de Montemor sob o comando de Simão Malta numa garraiada na Praça de Montemor-o-Novo.

Depois dessa data muitas corridas foram realizadas pelos Amadores de Montemor em Praças de Portugal e também no estrangeiro, sendo um dos Grupos mais prestigiados e que melhor tem defendido ao longo dos anos a ética do forcado amador e demonstrado, com galhardia, a nobre arte de pegar toiros.

Assim, foi o Grupo de Forcados Amadores de Montemor o convidado de honra da Tertúlia Tauromáquica Eborense no jantar que se realizou no Dia de Reis de 2020 na Pousada dos Loios, tendo estado em sua representação o cabo António Vacas de Carvalho acompanhado por Francisco Borges.

Foi uma interessante noite de Tertúlia onde se abordaram diversos aspectos taurinos recordados pelos convidados e também por antigos forcados, nomeadamente pelo veteraníssimo Simão Nunes Comenda que é sempre indispensável para testemunhar muitos e muitos momentos da sua longa carreira de forcado amador no seu Grupo de sempre, os Amadores de Montemor.

Manuel Peralta Godinho e Cunha

---

Na foto: Francisco Borges, António Vacas de Carvalho, Nico Mexia de Almeida (cuidador da TTE) e Simão Nunes Comenda

Emblema da Tertúlia Tauromáquica Eborense.png

 

 

Na Pousada dos Loios em 3 de Setembro de 2018

.TTE em 3.09.2018.JPG

Francisco Palha tem estado nesta temporada com a tal força, determinação e valor que leva os aficionados às praças de toiros para o verem tourear à portuguesa e com emoção. A tal agitação no toureio a cavalo reapareceu com este jovem cavaleiro tal como em tempos sucedeu com José Mestre Batista, Luís Miguel da Veiga, José João Zoio, Manuel Jorge de Oliveira, João Moura, António Ribeiro Telles, toureiros que sacudiram a aficion em determinadas épocas e que se destacaram na mui nobre arte de tourear a cavalo.

Francisco Palha está em bom momento com montadas à altura para se apresentar em qualquer praça e com um carisma que é fruto de muito trabalho e dedicação na preparação dos cavalos e da experiencia de 10 anos em Espanha e depois em Portugal.

Francisco Palha parece romper com a aquela imagem dos cavaleiros a lidarem toiros boiantes. Para ele podem sair toiros sérios e quem quiser tourear assim terá que se preparar para isso ou então só serve para compor cartel.

Estas e outras observações foram abordadas no jantar de Setembro de 2018 da Tertúlia Tauromáquica Eborense que se realizou na Pousada dos Loios em Évora onde o Convidado e Honra foi Francisco Palha e que foi acompanhado pelo empresário e apoderado Rafael Vilhais.

Uma bela noite taurina, como são sempre os jantares mensais da Tertúlia Tauromáquica Eborense agora sob a orientação do cuidador Nico Mexia de Almeida.

Na foto: Nico Palha, Francisco Palha, Nico Mexia de Almeida e Rafael Vilhais

 

 

Jantar com Vasco Brito Paes

TTE-Julho2018.jpg

Vasco Brito Paes é um médico veterinário de campo que trabalha para ganaderos de bravo, que gosta do que faz e tem paixão em contribuir com os seus vastos conhecimentos para que nas arenas saiam os toiros de lide que toureiros e aficionados desejam.

E foi o Dr. Vasco Brito Paes que a Tertúlia Tauromáquica Eborense teve como convidado de honra no jantar de Julho de 2018 na Pousada dos Loios em Évora, que dissertou sobre a produção da raça brava, referindo a importância da sanidade animal, os cuidados com a alimentação, a selecção tendo em vista a bravura e demais cuidados de maneio com realce a reprodução e a vantagem económica da ganadaria de bravo estar integrada numa exploração agrícola.

Foi uma bela lição e troca de opiniões interessantes num jantar de tertúlia muito agradável.

-------

Na foto, Nico Mexia de Almeida, cuidador da Tertúlia, apresentando o convidado.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D